Dia 21/10/2010.
Esta madrugada não foi nada fácil para mim e a Priscila. O terror das condições de faro nos assolavam. Não conseguimos de jeito algum ter uma boa noite de sono. Ontem de cada cinco cães que faziam faro, de 2 a 3 reprovavam. Condições críticas, onde a grande maioria dos cães não estão acostumados. Uma pena, pois os gastos para se participar de um mundial são imensos. Vir aqui e não conseguir fazer o mínimo é algo bem frustrante sem contar à parte que nos onera. O solo esta todo rachado de tanto calor que faz aqui. Os cães que estão farejando no período da tarde estão pegando nada mais nada menos do que 28º e o pior, sem uma brisa para refrescar.
Todos teem que chegar uma hora antes do faro. Isto quer dizer, que o cão fica no sol pelo menos uma hora e meia, antes de entrar em sua pista.
A Priscila tirou 93 pontos no faro. Infelizmente o cão do Marcos Rangel também não conseguiu ser aprovado, fez a primeira e a metade da segunda reta e parou.
O José Rivanil com o cão Gismo, fez uma super-proteção, tirou 92 pontos com muitos aplausos da arquibancada. Foi o primeiro cão que eu vi dar trabalho aos figurantes. Entortou todos os dois, rsssss.
O Caio e o Eder foram reprovados na proteção.
Segue abaixo o link do video da proteção do Marcos Rangel, divirtam-se…

Deixar um comentário

Seu e-mail não será publicado