Eu e a Priscila acordamos cedo e fomos fazer faro com nossos cães. Marquei a pista de ambos. Desta vez escolhemos um campo com um pouco mais de vegetação. Esperei 30 min e coloquei o Euro. Ele tentou passar o primeiro objeto sem indicar, mas foi corrigido corretamente, os demais ele nem vacilou, fez tudo certo. Somente na quarta reta ele se perdeu um pouco, pois o vento forte fez com que ele cheirasse um pouco paralelo a reta.
O Oggun, foi muito bem. Como tem muito mais experiência, o vento o tirava um pouco, mas ele ficava procurando no mesmo local, não se afastava da reta. Fez indicações perfeitas. Somente na última reta, por haver muitos pedaços de espiga de milho, acabou fazendo duas indicações falsas. Mas no geral e pela dificuldade do local, o faro foi 10.
A equipe toda se reuniu por volta das 14:20 para dar entrada da documentação na secretária do evento. Pegamos os coletes e os crachás de identificação da equipe toda. Também foi entregue um catálogo para cada e um cartão para termos acesso ao estacionamento dos competidores.
Durante a entrega dos documentos, eu e a Cristine pedimos por campos para podermos fazer faro, obediência e proteção. Um senhor nos conduziu até um campo para treinarmos faro. A secretária nos deu um nr de telefone para entrarmos em contato com a pessoa que iria nos disponibilizar um clube para a obediência e proteção.
Depois que voltamos do campo de faro, nos reunimos em uma lanchonete e decidimos em conjunto como seria o nosso treino de reconhecimento de campo. Que esta marcado para amanha das 8:45 as 9:05.
Decidimos quem faria condução, quem iria para o halteres, quando usaríamos a linha do meio para o em frente. Também já deixamos tudo esquematizado na proteção para que o tempo fosse correto para todos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.