Acordamos muito mal. A sensação de impotência acaba com o nosso senso de humor. Competição é isto, estar pronto para tudo e ao mesmo tempo preparado para o pior (mas quem consegue se preparar para isso). Alguns segundos, alguma atitude equivocada ou um pensamento executado de forma errada, e pronto, seus sonhos se desmoronam como um castelo de areia. Estamos muito, mas muito frustados e envergonhados por uma desqualificação tão idiota.
Saímos em direção ao estádio as 8:30. Chegamos por lá e já encontramos todo mundo de nossa equipe. O humor de todos não era do melhor. Seguimos com o Marcos Rangel para assistir o seu faro, que seria as 11:00.
O Marcos/Prinz tiveram sorte, foram o nr 1 na ordem do sorteio da entrada das pistas. Porém não era o dia da dupla, infelizmente não conseguiram ser aprovados.
Voltamos correndo ao estádio para assistir a proteção do Sérgio com o Micha. Mais um balde de água fria. O Micha não largou após o reataque da fuga. Desta forma, mais um brasileiro desqualificado.
Porém, encerramos o dia com o Anderson e o Adolf nos dando uma alegria. O conjunto foi aprovado na proteção com 81 pontos e conceito Bom.

Leave a Reply

Your email address will not be published.